Legislação

Adquirir uma casa representa, normalmente, o maior investimento de uma vida.

Nos últimos anos, com a banalização do conhecimento tornou-se mais fácil o acesso à informação, e o cidadão comum tomou consciência de diversos factores que podem influenciar a sua qualidade de vida e o seu consequente conforto.

Moralizar e educar o mercado habitacional no sentido de não comprar “ gato por lebre” e aconselhar na melhor escolha — escolha racional — é o um dos objectivos deste guia.
O Guia Prático da Habitação (disponível apenas em formato digital) é direcionado a casas situadas em meios urbanos,sendo contudo, possível adaptá-lo para habitações localizadas em zonas semi-urbanas e rurais.
Neste guia referem-se as técnicas construtivas tradicionalmente utilizadas na construção de habitação em Portugal.

Assim, não se analisam, por exemplo, construções em prefabricado de madeira, mais utilizadas nos países nórdicos, nem edifícios com a fachada em estruturas envidraçadas, mais utilizadas entre nós na construção de escritórios,
assim como as estruturas construtivas tradicionais em alvenaria de pedra.

Houve a preocupação de referir alguns aspetos importantes no que diz respeito ao conforto ambiental e à poupança de energia, nomeadamente em matéria de legislação relacionada com a certificação energética, inseridos no capítulo da Construção sustentável que são tratados mais sistematicamente em manuais específicos, mas, ainda assim valorizados
neste guia.

Please publish modules in offcanvas position.